fbpx
A Sabedoria de Viver o Instante
A Sabedoria de Viver o Instante
26 July, 2021
Experiências de vida
Experiências de vida: um guia para o autoconhecimento
26 July, 2021
Estamos sozinhos no Universo

Estamos sozinhos no Universo?

Desde criança olhávamos o céu nas noites estradas e nos perguntávamos: estamos sozinhos no Universo? Existe vida em outros planetas? Ainda adultos, ficamos maravilhados com a infinita beleza do firmamento noturno e suspiramos como se estivéssemos nos recordando de algo perdido…

“Estamos feitos da mesma matéria que as estrelas, portanto, quando se estuda a astronomia, estamos de alguma maneira investigando a nossa remota descendência e o lugar que ocupamos no Universo da matéria estelar”. – Harlow Shapley

A mecanicidade da sociedade atual adormece os nossos sentidos e nos induz a competir para ver quem é o mais importante e quem detém maior poder. Porém, falando em termos de universo, somos formas de vida minúsculas viajando em uma partícula de pó.

Pertencemos a um dos planetas que giram ao redor de uma estrela muito grande, que se localiza em uma galáxia: a Via Láctea. Somente nela existem entre 150 e 250 bilhões de estrelas. Cada estrela possui, por sua vez, seu próprio sistema planetário e seus satélites respectivos.

Existem, de igual maneira, dois bilhões de galáxias somente no universo observável. No entanto, a vastidão do universo não poderia ser comparada nem sequer à quantidade dos grãos de areia que existem em nosso planeta, nos grandes desertos e no mar.

Diante de tal infinidade de mundos, não pareceria um pouco egocêntrico crer que somos o único planeta com vida no universo?

Diante desses questionamentos, a Sabedoria Gnóstica nos leva a refletir sobre a diferença de crer e conhecer.

Extraterrestres: Crer ou Conhecer?

A ciência materialista continua buscando, de maneira infrutífera, a vida nos planetas mais próximos do nosso sistema solar, e diante da falta de provas materiais contundentes, cai no ceticismo.

Quase como uma questão de fé, este dilema divide as opiniões entre quem crê ou não na existência de vida extraterrestre. Dificilmente neste enfrentamento de ideias consegue-se encontrar a verdade.

A sabedoria gnóstica é o conhecimento que nos convida a descobrir o mistério das dimensões paralelas. Nos leva a compreender que, assim como o nosso corpo possui um espírito que é imaterial, e que portanto, não pode ser quantificado pela ciência, também existe uma quarta coordenada, à qual não se pode ingressar com a tecnologia atual que a humanidade possui.

A Situação da Vida no Planeta TerraA Situação da Vida no Planeta Terra

A Terra é uma formação planetária muito nova. Tem 4,53 bilhões de anos, em comparação aos 13,77 bilhões de anos do universo. Enquanto isso, a aparição do homem data de 140.000 anos atrás, o que poderia ser um piscar de olhos para o universo.

No entanto, acreditamos que, algum dia, a humanidade possa alcançar a tecnologia necessária para poder viajar a outros sistemas e galáxias distantes milhões de anos-luz.

Portanto, a ciência de hoje em dia está divorciada da filosofia, da arte e da religião, que são as ramificações do conhecimento que permitem alcançar a sabedoria necessária para podermos desvendar os grandes mistérios do universo.

Os habitantes do planeta Terra estão cada vez mais egoístas, superficiais, competitivos, ambiciosos e violentos. O que nos levou a colocar o nosso próprio habitat em risco. Diariamente os rios, os mares, o solo e o ar que respiramos são contaminados. Muitas espécies foram exterminadas por causa das pessoas que se lançaram a guerras ferozes, umas contra as outras, massacres de todas as índoles ao longo de toda a história da humanidade.

Tudo nos mostra e deixa claro que enquanto existam dentro de nós os defeitos psicológicos que nos levam a degradar a vida no planeta, e também, enquanto não nos responsabilizemos pelo cuidado da nossa casa, que é o mundo (o pequeno lugar onde habitamos), cada vez estaremos mais longe de conquistar o espaço infinito.

Avistamentos de OVNIS

“Tenha cuidado em como olhas o mundo, porque o mundo será como você o vê”.

Com a popularização dos dispositivos capazes de capturar imagens, circulam diariamente milhares de fotos e vídeos de discos e naves espaciais. Talvez algumas imagens sejam montagens, porém muitas outras são autênticas, e isso deixa aberta uma série de incógnitas que a sabedoria gnóstica ajuda a decifrar: existem os extraterrestres? Por que e para que eles vem à Terra? 

Pois sim, a resposta é contundente: não estamos sozinhos no universo. Eles vem de civilizações muito mais antigas e avançadas que a nossa. Vem ajudar os homens a não se destruírem entre si e não destruirem o planeta que ocupamos, ajudando aqueles que estão realizando uma verdadeira mudança interior.

Ao decorrer da história da humanidade, suas naves puderam entrar e sair da nossa terceira dimensão, à vontade. E, hoje em dia, com o aumento da violência, enfermidades e contaminação, eles vem como irmãos maiores para nos brindar seu apoio diante de tanta dor e sofrimento.

No entanto, nossa consciência está adormecida já que, ao invés de expressar a eles nossa gratidão, as Forças Armadas de quase todos os países se preparam para recebê-los de maneira hostil, com disparos e mísseis, pois não compreenderam o seu objetivo pacífico.

“É próprio daqueles de mente medíocre investir contra todos aqueles que não lhes cabem na cabeça”. – Antônio Machado

Porque temos Medo?

“Muitas calúnias infames foram feitas contra os visitantes extraterrestres, a mente dos terráqueos julga de acordo com suas perversões e quer ver em nossos nobres visitantes todo o ódio que existe dentro da mente terráquea.” – V.M. Samael Aun Weor

O ego das pessoas reage sempre baseado em seus próprios raciocínio, crenças e medos. O medo a ser subjugado por uma colonização extraterrestre nos levou a criar os conceitos mais errôneos sobre a vida extraterrestre, amplamente e equivocadamente difundidos através do cinema e da televisão. 

Há o temor de que esses visitantes super avançados, capazes de criar naves que desaparecem inexplicavelmente, reajam da mesma forma que nós, terráqueos, estamos acostumados a reagir, de maneira invasiva: submetendo, torturando e assassinando.

As negras e tristes páginas da história da humanidade, nos falam sobre as ânsias de poder dos impérios que avassalaram e submeteram com violência aos povos conquistados.

O Venerável Mestre Samael Aun Weor, em seu livro ‘Naves Cósmicas’ nos diz sobre esse tema:

“Se eles quisessem nos destruir, já o teriam feito, porque possuem instrumentos atômicos e científicos com os quais poderiam deixar em pedaços qualquer planeta do espaço”.

A Revolução Interna como Instrumento de ConexãoA Revolução Interna como Instrumento de Conexão

Quem decide mudar internamente através do autoconhecimento, produz em si mesmo uma revolução íntima, e não somente amplia sua consciência, como também modifica as circunstâncias e o entorno de quem o rodeia.

A cultura gnóstica nos entrega, através da ciência, as práticas necessárias para eliminar definitivamente os defeitos psicológicos que constituem o ego e todas as suas nefastas consequências em nossa vida, práticas que nos ajudam a nos prepararmos filosófica e espiritualmente para alcançarmos não somente o contato com seres de outras galáxias, senão também para recebermos a sabedorias dessas antigas civilizações do universo.

Necessitamos desenvolver a arte em nossa própria vida, para que a Luz da Consciência nos ilumine, de tal modo que voltemos a nos integrar com o universo.

Como quando éramos crianças, ainda hoje almejamos ser viajantes do espaço. E temos a possibilidade de aprender, de maneira prática, como restabelecer essa conexão e desvelarmos, nós mesmos, os mistérios do universo.

“Olha as estrelas. Veja sua beleza. E nessa mesma beleza, veja a si mesmo”. – Draya Mooney

Se você deseja se aprofundar neste tema, lhe convidamos a participar de nossos cursos de autoconhecimento.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Ajude-nos