fbpx
a busca pela verdade
a busca pela verdade
26 July, 2021
Estamos sozinhos no Universo
Estamos sozinhos no Universo?
26 July, 2021
A Sabedoria de Viver o Instante

A Sabedoria de Viver o Instante

Quantas vezes já dissemos: não tenho tempo? Passamos pela vida sem conhecer a sabedoria do instante, escravos da matéria e de seus sistemas, como o trabalho, o dinheiro, as diversas obrigações, entre outros, que sugam nossa vida rapidamente.

Quando somos jovens, ansiamos o futuro e, quando velhos, vivemos na nostalgia do passado.
A filosofia iniciática afirma que “a verdade é o desconhecido de instante a instante”.

A falácia de correr atrás do tempo

Sentimos que é impossível capturar o tempo e por isso a finitude da existência nos faz torturar com a ideia de que não conseguiremos obter tudo o que queremos, nem fazer tudo o que queremos.

Nos tempos antigos, esse medo não existia; pois cada pessoa respeitou pacientemente os tempos da natureza. Assim, os antigos fazendeiros eram guiados pelo calendário lunar e como não havia industrialização, os processos eram muito mais lentos. Um sapateiro, por exemplo, levava meses para terminar de fazer um único par de sapatos ou séculos para construir uma Igreja. O paradigma da época sem cidades ou aglomerados demográficos, muito menos industrialização e tecnologia; deu outro significado à felicidade e seu valor foi colocado na durabilidade do espírito; diante da efemeridade da matéria.

“Oh Senhor, a que chegamos? Lamentamos os danos temporários e por um pequeno ganho trabalhamos e corremos e o dano espiritual é esquecido” Tomas de Kempis

O Sentido do Assombro

O Sentido do Assombro

O conforto da vida cotidiana e de sua rotina adormecem os sentidos físicos e as faculdades internas que cada pessoa possui.

O tempo é construído de instantes que dedicamos aos sistemas do mundo, que passamos sem extrair, de tais instantes, seus valores conscientivos.

Quando capturamos a consciência desse instante, aqui e agora, extraímos o importante ensinamento que o mesmo  veio nos entregar.

Se a nossa consciência dormir, fazendo com que não percebamos a sabedoria do instante, teremos passado, tristemente, pelo tempo.

As crianças que, com seu entusiasmo, encontram pequenos milagres para se aventurar a cada momento, nos demonstram o quão adormecida a nossa consciência está.

A rotina do tempo e sua mecânica alienadora nos faz perder o sentido do assombro. Nada mais já nos surpreende, nem nos chama atenção.

Viver o momento é perceber que a cada instante há algo novo para descobrir sobre nós mesmos e sobre o mundo que nos rodeia, e que só depende de nós aproveitá-lo conscientemente ou permitir que passemos pela vida sem ter aprendido nada.

Quem vive o instante, atento e consciente de si mesmo, aqui agora, amplia o seu sentido do assombro…

O sentido do assombro nos permite viver mais intensamente a auto-observação.” V.M. Lakhsmi

Como Extrair a Sabedoria do Instante

Perguntaram ao Buda em certa ocasião: Quem é um homem Santo? E Buda, respondeu: cada hora se divide em um certo número de segundos e, cada segundo, em um certo número de frações. O santo é, na verdade, aquele que é capaz de estar totalmente presente em cada fração de segundo.

Aprender a desenvolver o sentido de auto-observação através da simples prática da Chave SOL, é a melhor maneira de aproveitar o instante.

Prática:

“É impostergável dividir sempre a atenção simultaneamente em três partes:

1° – Sujeito 

2° – Objeto 

3° – Lugar

Sujeito: não nos esquecermos de nós mesmos, autovigiar-nos a cada segundo, em cada momento. Isto implica no estado de alerta em relação aos nossos pensamentos, gestos, ações, emoções, hábitos, palavras, etc…

Objeto: minuciosa observação de todos aqueles objetos ou representações que, por meio dos sentidos (visão, audição, tato, paladar e olfato), chegam à mente. Não nos identificarmos jamais com as coisas, porque assim é como caímos na fascinação e no sonho da Consciência.

Lugar: observação diária de nossa casa, de nosso quarto, como se fosse algo novo. Perguntar−nos diariamente a nós mesmos: por que cheguei aqui, a este lugar, a este mercado, a este escritório, a este templo etc…”

Quem divide a atenção nesses 3 pontos, sujeito, objeto e lugar, consegue aproveitar a sabedoria do instante pois desperta a consciência, descobre a si mesmo, e evita cair no erro. 

*Se você se interessa em estudar sobre a sabedoria do instante e quer se aprofundar neste e em outros temasrelacionados, te convidamos a participar dos nossos cursos de autoconhecimento, que são livres e gratuitos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Ajude-nos